Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Objetivo da Prefeitura é facilitar o acesso da população ao exame durante o mês de prevenção ao câncer de mama

Na última quinta-feira, 7, o Grupo da Mama Toque Rosa esteve reunido com o prefeito Daniel Almeida, no gabinete da Prefeitura, para recepcionar o gesto do Município em prol da campanha do Outubro Rosa.

A Prefeitura de Butiá, através da Secretaria de Saúde - SMS - de Butiá(SMS), firmou um acordo com clínicas particulares da cidade para atender a demanda de exames de mamografia até o fim do ano. Ao todo, serão 250 mamografias disponibilizadas para as mulheres butiaenses.

Segundo o Prefeito Daniel Almeida, a parceria com o setor privado pretende desafogar a fila para realização do exame no SUS. "Sabemos da importância da mamografia para a prevenção e o diagnóstico precoce do Câncer de Mama e com essa ação, já sabendo da limitação encontrada no SUS, vamos zerar a fila da mamografia em Butiá", comemorou o Prefeito.

 

Teresinha Silva Rosa, participante do Grupo Toque Rosa, composto por mulheres que lutam pela conscientização das mulheres em Butiá, elogiou a atitude da Prefeitura Municipal e da SMS. 
"O Grupo ficou muito feliz e já está divulgando a grandiosidade do município com esta busca de 250 mamografias para as mulheres da cidade. Sabemos que até o fim da campanha do outubro Rosa muitas butiaenses já estarão sendo beneficiadas com a mamografia", ressaltou Teca, como é conhecida na comunidade e no Grupo de mulheres Toque Rosa.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Enfermeiros da ESF Vila Charrua abordam tema do combate à depressão com grupo de Diabéticos e Hipertensos

(BUTIÁ 14/09/2017) - O encontro do Grupo de Idosos Hipertensos e Diabéticos, realizado periodicamente pela equipe da Estratégia Saúde da Família (ESF) Vila Charrua, ocorreu de forma diferente na última terça-feira, 12. Nessa edição do encontro, o tema discutido foi relacionado às consequências da depressão. Na ocasião, foram apresentadas explicações sobre os efeitos na vida do paciente e as consequências mais extremas deste transtorno.

Segundo a enfermeira responsável, Ellen Amaral, a ideia é continuar a discussão. “Vamos realizar neste mês uma semana de campanha pelo Setembro Amarelo na Esf Charrua. Indo nas escolas darei palestras para os jovens”, adiantou a enfermeira.

O motivo de começar pelos idosos é a recorrência da doença a partir desse estágio da vida. “Muitos relataram já terem passado por isso na família e muitos, inclusive, já tiveram depressão, uma das principais causas do suicídio”, alertou Ellen.                    

A ESF Vila Charrua, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) pretende, ainda neste mês, realizar uma caminhada pelo bairro a fim de conscientizar a comunidade sobre o tema da Depressão e do Suicídio.      

Nesta quinta-feira, 14, às 14h15min haverá mais um grupo de hipertensos no bairro Santo Antônio em que o assunto será abordado. “Temos sempre que estar atentos às pessoas conhecidas. Muitos que tiram suas vidas não demonstram que vão fazê-lo. É triste, mas também é um sinal de alerta para cuidarmos mais de nós mesmos e de nossa saúde psíquica”, comentou a enfermeira Ellen Amaral.

 

Texto: Imprensa / PMButiá

Foto: Divulgação

 

Sugestão de legenda: O encontro ocorreu na Sede da Associação de Moradores do bairro Charrua 

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Em ato realizado em Butiá, estiveram reunidos o governador do Estado e o ministro de Minas e Energia

 

Na tarde dessa segunda-feira, 24, o prefeito de Butiá, Daniel Almeida, participou de encontro com o governador do Estado, José Ivo Sartori, e o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, nas instalações da Copelmi Mineração Ltda., no município.

A visita dos políticos à cidade se deu devido ao projeto de implantação de um polo carbonífero na região, junto às reservas de carvão mineral de Butiá, partido de uma parceria entre empresários gaúchos e governo japonês, que vem observando a qualidade das reservas carboníferas do Estado há dois anos.

Um dos pontos facilitadores para a concretização da ideia é que o Rio Grande do Sul possui 90% das reservas de carvão do Brasil. Além da ideia de exploração sustentável do mineral e a possibilidade de aproveitamento da tecnologia japonesa no Estado, foi levantada a hipótese sobre a viabilização de uma usina térmica de carvão de alta eficiência para geração de energia no RS.

Único líder do Executivo da região presente no ato, prefeito Daniel se soma a união de esforços e analisa as discussões em torno do assunto com boas perspectivas para Butiá, especialmente no que diz respeito ao setor de trabalho. Segundo ele, o que melhor define a expectativa do município em torno da demanda é a “de novos empregos”.

A expectativa também está acerca de uma sinalização positiva do Governo Federal sobre a inclusão do carvão em novo leilão de energia até fim de 2017. “A empresa Copelmi apresenta para o Governo Federal a possibilidade de renovação da matriz energética. Mas a União precisa apresentar este ano ainda a proposta de leilão para aumentar o uso do carvão mineral. Esperamos que o governo proponha e que o Congresso Nacional aprove este polo carboquímico”, ressalvou o prefeito.

Foto: Paulo Messa / IMPRENSA/PMButiá - Veja mais fotos na galeria

Prefeitura Municipal de Butiá - Rua do Comércio, 590 - Bairro Centro - Butiá - RS